quinta-feira, 10 de julho de 2008

Meia-noite…


Na noite de todos os silêncios
Ouço o vento que passa
E acorda em mim
As vozes de outros tempos
Viajar…
Abraçar a brisa
Sinto a hora passar
Meia-noite…

Manuela Matos

1 comentário:

EB1| JI Torreira - Fregim disse...

Manuela, os teus poemas são muito belos. Continua a fazer os seus registos.Tens em mim uma leitora.
Flora Queirós